4x mais performance: conheça o Case da Cotripal

A Cotripal é uma cooperativa que atua há mais de 60 anos no mercado, em diversos municípios do Rio Grande do Sul como: Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Condor, Ijuí, Nova Ramada, Panambi, Pejuçara e Santa Bárbara do Sul.

A empresa cobre uma área agricultável de 85 mil hectares e sua capacidade de armazenagem estática é de 400 mil toneladas. A Cotripal também atende demandas voltadas à produção de rações, frigoríferos, supermercados, lojas, postos de combustíveis, auto-centro e farmácias.

Com o constante crescimento da Cotripal, surgiram novas necessidades. A empresa iniciava seu processo de Transformação Digital e buscava investir em novas tecnologias que pudessem atender com eficiência suas novas demandas. A INTERON, que já era parceira da Cotripal há mais de 20 anos, apresentou-lhes o DBMaker.

O DBMaker é um poderoso banco de dados relacional, que possui o driver projetado para linguagem COBOL (ISCOBOL), utilizada há muitos anos pela Cotripal. A interface nativa do DBMaker, permite às aplicações COBOL acessar o RDBMS com mínima ou nenhuma alteração de código.

A aquisição do DBMaker possibilitava à Cotripal expandir seu desenvolvimento tecnológico interno, dando-lhes acesso às tecnologias mais atuais, como Phyton, React, Java; sem comprometer ou alterar suas linhas de código escritas em COBOL.

Após a Cotripal adquirir a solução DBMaker, houve a constatação de excesso de lentidão nos sistemas. Essa situação os levou a considerar a ampliação ou troca de sua linha de servidores, para uma solução que pudesse otimizar o Banco de Dados DBMaker.

O desafio

A Cotripal utilizava servidores Intel High-End x86, que mesmo trabalhando com desempenho máximo, ainda apresentava problemas de resposta e lentidão. Além disso, esta linha de servidores foi descontinuada pela IBM, impossibilitando a progressão dentro dela. Essa situação levou a Cotripal buscar outra solução IBM que fosse mais aderente ao seu negócio.

Além do Banco de Dados DBMaker e dos Servidores Intel High-End x86, a Cotripal também possuía Storages IBM V7000 e realizava seu backup por scripts.

A busca pela melhor solução para otimizar o banco de dados, levou a Cotripal ao encontro da Trade Technology, que é uma empresa parceira IBM e líder em vendas de equipamentos, licenças e consolidações de projetos de infraestrutura TI, na região Sul do Brasil.

A solução

A Trade Technology enviou uma equipe de profissionais altamente especializados para avaliar às necessidades da Cotripal e propor a melhor solução. Foi sugerida a aquisição da linha IBM Power Systems, que além de otimizar o banco de dados garante mais velocidade de processamento, autonomia, resiliência, performance e segurança para o ecossistema de TI da empresa.

Para que a Cotripal se sentisse segura em relação a essa recomendação, a Trade Technology promoveu uma série de ações como encontros com engenheiros da IBM, visitas técnicas e participação em eventos, visando sanar suas dúvidas e auxiliá-los na compreensão da solução. Desta forma, a Cotripal se tronou parceira da Trade Technology.

Na etapa de consolidação do DBMAKER em IBM Power Systems, a Trade Technology contou com o apoio da INTERON e da CaseMaker (Taiwan), para realizar a homologação da ISCOBOL e do DBMaker na plataforma IBM POWER.

Para este projeto, foram adquiridos servidores IBM POWER 822L e Storages IBM FLASHSYSTEM FS900. Além disso, foi implementada uma solução para Backup IBM SPECTRUM PROTECT (TSM), com objetivo de facilitar e tornar mais segura a gestão de backup da organização.

Os benefícios

Os principais benefícios alcançados pela Cotripal foram:

  • A saída de um gargalo de 25.000 IOPS para mais de 150.000 IOPS, com picos de até 200.000 IOPS, entregando um alto desempenho para o armazenamento de dados.
  • A redução da latência de 75ms para 0.25ms, tornando a resposta expressivamente mais rápida, quando comparado com a anterior.
  • O processador passou para 192 Threads concorrentes.
  • Foi obtida uma velocidade 4 vezes maior para pesquisa de dados dentro e fora do cache. Com isso, houve a redução do tempo de pesquisa, de horas para minutos.
  • Houve a redução de reclamações dos usuários em relação a velocidade de resposta.

De modo geral, houve aumento de desempenho em toda a infraestrutura de TI da empresa. Com o novo ambiente, a Cotripal alcançou uma boa estabilidade e tempo de resposta, independentemente do número de usuários simultâneos.

Confira o depoimento do Diego Boelter, Administrador de Sistemas da Cotripal há mais de 19 anos:



×